ORTODONTIA LINGUAL – O VERDADEIRO APARELHO ‘INVISÍVEL’!

A Ortodontia lingual não é recente.

lingualIniciou nos anos 70, quando três ortodontistas, Fujita, Kurz e Romano desenvolveram aparelhos linguais a partir de braquetes edgewise adaptados à superfície lingual. Entretanto, dificuldades relacionadas ao desenho do aparelho, assim como à mecânica de tratamento específica desta técnica, postergaram a sua popularidade por aproximadamente 20 anos, quando a busca por tratamentos ortodônticos com aparelhos estéticos superou as dificuldades práticas, e novos desenhos de braquetes e o desenvolvimento de fios de alta tecnologia contribuíram para a simplificação da mecânica, tornando a técnica lingual, agora, plenamente viável.

O número de pacientes adultos, nos consultórios de Ortodontia, tem aumentado muito nos últimos anos.

A decisão do paciente adulto em se submeter a um tratamento ortodôntico é muito mais complexa que para crianças e adolescentes, pois consiste em uma atitude voluntária e que apresenta, na maioria das vezes, uma queixa principal muito bem estabelecida e relacionada, em 80% dos casos, à melhora estética do sorriso. Os aspectos inerentes ao tratamento são bem aceitos, porém a aparência antiestética dos braquetes ortodônticos convencionais não agrada e é uma das principais razões que levam adultos a recusarem o tratamento com Ortodontia.
Nesse contexto, a utilização de braquetes linguais torna-se uma possibilidade viável para estes pacientes e que supre a exigência de um tratamento estético, invisível.

FONTE:
Ortodontia lingual: técnicas laboratoriais de montagem
Maria Christina de Souza Galvão, Liliana Ávila Maltagliati, Silvana Bommarito
Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 5, n. 2 – abr./maio 2006

Compartilhe no Facebook
loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*