QUER REMOVER UM IMPLANTE? F Á C I L — VEJA COMO!

Os Removedores de Implante foram idealizados para auxiliar o cirurgião-dentista na remoção de implante dental mal posicionado, acometido por peri-implantite ou ainda fraturado. Utiliza o princípio mecânico do contra-torque para promover a ruptura da osseointegração e desinserção do implante pelo próprio alvéolo.

Para remoção de implante com hexágono externo, o cirurgião-dentista deve promover um desgaste no interior do implante para permitir um aprofundamento da parte ativa do Removedor I no interior do corpo do implante. A não realização do desgaste ou desgaste insuficiente pode provocar a fratura da ponta ativa do Removedor.

O Removedor II pode ser utilizado para remover implante com hexágono interno e Cone–Morse.

Modo de uso:
Selecionar o implante a ser removido.
Remover todos os componentes protéticos, tapas, cicatrizadores do implante e promover uma limpeza da cavidade interna.
Nos implantes com hexágono externo ou cone-morse sem cavidade hexagonal, um desgaste deve ser realizado no interior do implante para ampliar a cavidade e permitir o aprofundamento do removedor no interior do implante.
Selecionar o Removedor I para implantes com hexágono externo e implantes Friccional I da KOPP, e Removedor II para implantes com hexágono interno, cone-morse e implantes Friccional II da Kopp.
Introduzir manualmente o removedor no interior do implante até seu travamento no sentido anti-horário, e certificar que o removedor está paralelo ao longo eixo do implante.
Acoplar uma chave ou torquímetro e realizar movimentos suaves mas firmes no sentido anti-horário e posicionar o polegar sobre o torquímetro promovendo uma pressão apical e não permitindo o movimento de alavanca.
Continuar com o contra-torque no sentido anti-horário, sempre de forma suave, mas firme até a ruptura da osseointegração e completa remoção do implante.

Cuidados:
Promover desgaste apropriado ao diâmetro do removedor que se deseja utilizar.
O desgaste é recomendado para implantes de hexágono externo com rosca de 2.0 ou 1.8 mm.
Não desgastar demasiadamente, sob pena de ruptura da parede do implante o que impede o perfeito travamento do removedor nas paredes internas do implante.
Não realizar movimentos de alavanca, lembre-se que o removedor é feito de aço temperado, portanto mais friável, especialmente o Removedor I de menor diâmetro.
Não realizar movimentos bruscos, muito menos em tranco, sob risco de fraturar o removedor no interior do implante.

fonte: kopp Implantes

Compartilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*