Deslocamento de implante dentário para o seio maxilar: O QUE FAZER — COM VÍDEO

A implantologia tem sido responsável pela mudança na qualidade de vida dos pacientes, total ou parcialmente edêntulos, devido ao índice rotineiro de sucesso da osteointegração para reabilitação oral. Apesar dos índices alcançados, a região posterior da maxila é a região que mais desafia a implantologia por possuir condições peculiares em relação a outras regiões do complexo maxilo-mandibular.

O processo alveolar nessa região pode ser insuficiente para colocação de implantes dentários pelo facto de apresentar uma quantidade de tecido ósseo reduzido, aliado a baixa densidade óssea e/ou a pneumatização do seio maxilar. Assim, uma cuidadosa análise deve ser realizada frente aos tipos de deformidades ósseas deixadas pelos traumatismos dentoalveolares, exodontias traumáticas, ausências congênitas de dentes, patologias e infeções.

Para evitar acidentes e complicações, no processo de colocação dos implantes, o uso do procedimento de elevação do soalho do seio maxilar, associado ou não a enxerto ósseo e o uso de implantes curtos devem permitir um procedimento com critério e segurança. Mesmo assim, a ocorrência de acidentes e complicações diversas pode vir a existir como o deslocamento do implante para o seio maxila.

O deslocamento do implante para o seio maxilar pode estar ou não acompanhado pelos sinais ou sintomas de patologias infecciosas sinusais e deve ser removido com finalidade de evitar complicações. Desta forma, as principais modalidades de tratamento para lidar com esta complicação incluem a remoção do implante através cirurgia endoscópica ou uma abordagem intraoral através da técnica de Caldwell Luc. Em alguns casos existe a necessidade de combinar a técnica endoscópica com um acesso intraoral pela necessidade exigida. Ambas as modalidades de tratamento geram complicações nas mãos de cirurgiões pouco experientes, embora a técnica de Caldwell Luc proporcione boa visualização do campo operatório e melhor acesso ao seio maxilar, esta técnica vem sendo substituída, nos últimos anos, pela cirurgia endoscópica, pois a mesma apresenta reduzida morbilidade, tornando os procedimentos menos agressivos.

FONTE:
Deslocamento de implante dentário para o seio maxilar: relato de caso
Cavezzi Junior, Orlando; Abdala Junior, Reinaldo;
Publicado na Rev Port Estomatol Med Dent Cir Maxilofac. 2013;54:228-33.

Compartilhe no Facebook

2 comentários

  1. José Roberto Zanini Júnior

    Show. Parabéns, ótimo trabalho. Obrigado por compartilhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*