Equipamento de Proteção Individual: Quem usa?

Esse post contou com uma super dica do Doutor Balestreri, a foto!

Nós, dentistas, aprendemos, na faculdade, que devemos usar os nossos EPI, Equipamentos de Proteção Individual. Mas, depois de formados alguns esquecem  de usar alguns ítens que compõem esse conjunto. 

Para quem não sabe EPI’s são:
Quaisquer meios ou dispositivos destinados a serem utilizados por uma pessoa contra possíveis riscos ameaçadores da sua saúde ou segurança, durante o exercício de uma determinada atividade. Um equipamento de proteção individual pode ser constituído por vários meios ou dispositivos associados, de forma a proteger o seu utilizador contra um ou vários riscos simultâneos. O uso deste tipo de equipamento só deverá ser contemplado quando não for possível tomar medidas que permitam eliminar os riscos do ambiente em que se desenvolve a atividade.

Na verdade, existem até leis para regulamentar o seu correto uso. A legislação básica sobre EPIs é a Norma Regulamentadora No. 6 aprovada pela Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78 e atualizada constantemente pelas portarias editadas pelo Ministério do Trabalho.

Pois bem, o fato é que vários dentistas não usam corretamente o seus EPI’s. Os erros mais comuns são: 
a falta da touca e do óculos de proteção, 
a utilização da mesma máscara o dia inteiro,
ficar passeando de jaleco para cima e para baixo – essa é boa!

Mas para não cair na mesmice do day-by-day voce pode inovar e ser um dentista fashion, usando, por exemplo óculos de proteção da Diesel! 
Olha que lux!

O óculos é lux, mas cadê a máscara e a touca, doutor?!?


Compartilhe no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*